REPRESENTAÇÕES DA DEFICIÊNCIA FÍSICA NA TELENOVELA, UMA ANÁLISE INTERDISCIPLINAR

Juliana Gobbi Betti, Joseph D. Straubhaar

Resumo


O livro discute as representações da deficiência física adquirida, com ênfase nas vivências da intimidade da mulher. Tendo como objeto empírico a telenovela Viver a Vida, cuja narrativa abordou a temática por meio da personagem Luciana, apresenta uma análise interdisciplinar e interseccional que envolve questões como o cuidado, o corpo e a sexualidade. Para isso, utiliza procedimentos metodológicos da Etnografia de tela, fundamentados por um amplo referencial dos estudos nas áreas da Comunicação Social, da Antropologia e dos Disability Studies em sua interface com os Estudos de Gênero.

Palavras-chave


etnografia de tela; estudos de gênero; disability studies; telenovela.

Texto completo:

PDF