TENSIONAMENTO DOS ESPAÇOS DE FRONTEIRA: CONCEITOS COMO OBSTRUÇÕES EPISTEMOLÓGICAS

Irene Machado

Resumo


O estudo procura compreender a emergência de um cenário epistêmico de diversidade e conflito em espaços de fronteiras tensionados por diferentes línguas, meios, culturas. Parte de indagações sobre o domínio de um quadro teórico que condiciona a reflexão da comunicação na cultura apenas do ponto de vista da hegemonia das ferramentas digitais de convergência em redes, contra um contexto de relações interculturais que não escondem os confrontos e divergências. Redimensiona, assim, as obstruções epistemológicas que tentam escamotear tensões em contextos culturais de intraduzibilidade como aquela da condição estrangeira.

Palavras-chave


Fronteira; conFlito; interculturalidade; intraduzibilidade; estrangeiro.

Texto completo:

PDF