MEMÓRIA, HISTÓRIA E NARRATIVAS: A REMEMORAÇÃO DO 11 DE SETEMBRO NO TWITTER

Rosali Maria Nunes Henriques, Christina Ferraz Musse

Resumo


As redes sociais vieram modificar as relações das pessoas com a memória, pois
possibilitam que fatos históricos sejam constantemente relembrados através de suas
plataformas virtuais. O Twitter, por exemplo, torna-se um lugar de rememoração
e virtualização da memória online. Mas o que dessa rememoração online é fato
verdadeiro ou imaginado? Como as lembranças e esquecimentos sobre o 11 de
setembro, por exemplo, podem nos explicar os mecanismos da memória na internet?
A partir da análise de comentários num perfil do Twitter discutimos os conceitos de
história, memória e narrativa na contemporaneidade.
PALAVRAS-CHAVE: MEMÓRIA; HISTÓRIA; 11 DE SETEMBRO; TWITTER.


Texto completo:

PDF