LER JORNAIS. APRENDER HISTÓRIA. A DESCOBERTA DO TÚMULO DO FARAÓ TUTANKHAMON NA IMPRENSA PORTUGUESA

José das Candeias Sales, Susana Mota

Resumo


A divulgação da descoberta do túmulo de Tutankhamon por Howard Carter e pelo seu
patrocinador Lord Carnarvon, a 4 de Novembro de 1922, pela imprensa portuguesa, ilustra
particularmente bem a profunda relação existente entre a Comunicação e a História. Numa
altura em que a imprensa portuguesa representava um importante meio de construção
da identidade nacional, na então jovem República, as narrativas mediáticas que se
desenvolveram em torno desta grande descoberta constituem um dos primeiros e mais
importantes exemplos da profunda relação Media/ Arqueologia, na qual se misturam várias
noções e concepções sobre a história antiga do Egipto.
PALAVRAS-CHAVE: IMPRENSA; TUTANKHAMON; HISTÓRIA; ARQUEOLOGIA.


Texto completo:

PDF