REAPROPRIAÇÕES DO CONCEITO DE “COMUNIDADE” NA CONTEMPORANEIDADE

Beatriz Polivanov

Resumo


Resumo

O trabalho busca problematizar algumas reapropriações do conceito de “comunidade” na contemporaneidade através de dois recortes principais: (1) os questionamentos de Edward Thompson à concepção tida como clássica do termo proposta por Ferdinand Tönnies e (2) o argumento que enfatiza uma aparente contradição entre globalização e localidade, na qual cabe à comunidade o lugar da resistência. A arena de disputas em torno da ideia de comunidade nos mostra que não apenas não há consenso quanto ao seu significado, mas principalmente revela os diversos interesses em conflito na criação e apropriações do termo comunidade, ainda pouco visto como um constructo discursivo.

Palavras-chave: Comunidade; Contemporaneidade; Discurso.

 

Abstract

The paper seeks to problematize certain reappropriations of the concept of “community” in contemporary times via two main theoretical aspects: 1) Edward Thompson´s questioning of Ferdinand Tönnies´ classic conception of the term, and 2) the argument that emphasizes an apparent contradiction between globalization and locality, in which it is incumbent upon the community to establish the place of resistance. The disputes arena involving the idea of community shows us that not only there is no consensus regarding its meaning, but also, and most importantly, it reveals the distinct interests in conflict in the creation and appropriations of the term community, still hardly seen as a discursive construct.

Keywords: community; contemporaneity; discourse.

Resumen

El artículo intenta problematizar algunas de las reapropiaciones del concepto de “comunidad” en la contemporaneidad a través de dos recortes principales: (1) los cuestionamientos de Edward Thompson a la concepción considerada clásica del termo propuesta por Ferdinand Tönnies y (2) el argumento que enfatiza una aparente contradicción entre globalización y localidad, en la cual la comunidad ocupa el lugar de la resistencia. La arena de disputas en torno a la idea de comunidad nos muestra que no sólo no hay consenso sobre su significado, sino sobre todo revela los distintos intereses en conflicto en la creación y apropiaciones del termo comunidad, todavía poco entendido como un constructo discursivo.

Palabras clave: comunidad; contemporaneidad; discurso.


Texto completo:

PDF